Copa Do Mundo, Natal e… A sua cabeça quase bugando!

Por Rogério Temporim – Instituto Sabedoria Cósmica

File:Tour da Taça da Copa do Mundo (14045396687).jpg - Wikimedia Commons

Neste momento que escrevo o Brasil enfrentará (em 2 horas) a seleção dos Camarões (perdeu o jogo antes de eu postar essa publicação). Não vale nada o jogo, porque o Brasil já se classificou e não tem chances de eliminação. Mas, o que foco aqui é que estamos no meio de uma copa do mundo em pleno dezembro. Ok, guarde esta informação.

Excepcionalmente, temos uma competição no final do ano (circunstâncias da COVID e da bagunça do calendário mundial), disputando a nossa atenção com a tradicional época de fim das aulas, com os preparativos natalinos, com o esforço para a organização do orçamento para as festas e, não menos importante, com algum tempo necessário para preparar nossa cabeça para um novo ano… Ufa! Não imagine ser pouca coisa.

Agora, se parasse por aí… Mas para quem está minimamente envolvido com espiritualidade e, principalmente, tendo que atender aos outros e dar-lhes a direção que, muitas vezes, pode faltar em casa… Então temos que ter uma atenção especial.

Se você faz algum tipo de trabalho quem envolva espiritualidade, desde participar de uma casa de caridade até atender as pessoas com terapias holísticas, oráculos, astrologia, numerologia, rituais da prosperidade, etc, certamente estará no “olho do furacão” das demandas de pessoas comuns que, confiantes no seu trabalho, entregam todas as suas expectativas em suas mãos.

A questão é que muitos terapeutas holísticos, supondo estarem amparados por suas egregoras, acabam negligenciando um ponto muito importante que é a saúde mental. Sim, nem só de proteção espiritual vive o homem… Nem a mulher!

Rage,angry,explosion,head,explode - free image from needpix.com

Já vi muito terapeuta e/ou leitor de oráculo dizendo que a “proteção de seus ciganos” é suficiente para o seu trabalho. São os mesmos que depois dizem estar carregados, desgastados e precisando de um banho de descarrego urgente, ou mesmo sinalizando que “darão um tempo” dos trabalhos espirituais. Replicando o fanatismo do materialista que acha que tudo pode ser resolvido com um medicamento da farmácia, poderemos cair num perigo de igual tamanho ao negligenciar que a mente dependente das circunstâncias e estímulos do meio.

Voltemos a copa do mundo:

Será mesmo que a época de final de ano, acrescida de uma final de copa, não vai cobrar mais equilíbrio e higiene mentais? Não espero você responder e aposto que a resposta é SIM! É fato que vivemos um dezembro excepcional, onde muitos estímulos estranhos caminham à frente de nossos olhos, ouvidos e, para além disso, energias sutiz incomuns que se movem e nos tocam os chakras, canais mediúnicos, etc

Sem uma boa alimentação, horas de sono adequada, ambiente e rotinas mais leves do que foram durante o ano, então, o risco de começarmos o 2023 desgastados é grande.

Pense que seu corpo também precisa de regeneração para que possa servir de conexão para as tarefas sutis. E a obviedade de dizer que o cérebro é uma engrenagem física vale reforçar por aqui. Não negligencia a calma e o controle necessário nesta época diferenciada. Tudo depende de você!

Aproveite seu Tempo

Por Rogério Temporim para BLOG SABEDORIA CÓSMICA

Erasmo Carlos escreveu "Meu nome é Gal" para Gal Costa; relembre a letra -  RIC Mais

Erasmo e Gal

Semana passada perdemos Gal Costa.

Ficamos pessoalmente tocados com essa partida principalmente por que, por ser o editor deste blog também músico, a perda de um ícone de nossa cultura musical representa muito.

E poucos dias depois , foi a vez de perdermos Erasmo Carlos, este aqui ídolo especialmente de nossa mãe Maria Leme( que também já partiu deste plano).

Então, em meio a comoções e lembranças, pareceu-nos que o tempo do mundo se comprimiu um pouquinho mais. É como se o tempo, que nunca o deixou de fazê-lo, começasse a andar de fato…

No mínimo, pensei, deveríamos refletir o que estamos fazendo com o nosso tempo. Será que de fato temos consciência de que ele é limitado e, com isto, limitados serão nossos abraços, nossos beijos e a possibilidade de estarmos com nossos filhos, amigos, pais e aqueles que mais amamos? Ou ainda: limitado é para gastá-lo para além do orçamento?

Mas muitas são as possibilidade agora, não é? Esses dias ficamos eu e meu filho jogando um joguinho grudento e viciante, o Braw Stars (já vai alguém procurar ele agora) e então cá estou agora pensando em como é difícil aproveitar o tempo entre pessoas sem um terceiro entre nós (geralmente, o celular ou o pc).

Era Digital: Entenda O Que É e Quais Seus Impactos na Sociedade

A era digital acelerou as possibilidades da comunicação e, por que não dizer, da realização humana. É fato que conseguimos produzir muito mais conhecimento, muito mais articulado e transmiti-lo como nunca… Mas também é fato que a tecnologia nos trouxe infinitos caminhos para nos embrenharmos e desperdiçarmos as possibilidades úteis da mesma internet, gastando o que temos de mais precioso em vão: o tempo (que acaba).

Tik Tok, Facebook, Instagram, YouTube, grupos no WhatsApp e no Telegram, kwai e ( esqueci mais algum certamente…)… Enfim: em que lugar temos ganhado ou pedido o nosso precioso tempo?

Só é inegável que Gal e Erasmo produziram algo arrebatador simplesmente porque sabemos disso. Eram pessoas públicas. Mas isto não significa que cada um de nós não possa produzir algo valioso, material ou imaterial, para muitos ou para poucos, independente de sermos reconhecidos por isto ou não. A questão é que, sendo finito, o tempo sempre é pouco e usar asmaravilhas da internet para aproveitá-lo pode ser uma arte difícil e dolorosa.

Mas quem sabe valha a pena tentar… enquanto houver algum tempo.

Rogério Temporim é CEO do Instituto Sabedoria Cósmica e editor deste BLOG

O ERA DO GELO das Redes Sociais se Aproxima… Também para os Terapeutas Holísticos!

Por Rogério Temporim – Instituto Sabedoria Cósmica

Olá queridas/os!

Hoje gostaria de falar de um tema que, creio, é mais do que necessário ao terapeuta holístico, mais especificamente no exato momento que vivemos (final de 2022). Pode acreditar: podemos estar vendo o fim das redes sociais digitais como conhecemos…

Antes, te garantir algo: certamente estive nas primeiras redes sociais digitais que já existiram e nunca presenciei um momento tão particular como este.

Então, comecemos (e terminemos) falando do TIKTOK. Pois, acho, ele foi (e é) o início do fim.

Aplicativos de mídia social estão buscando igualar suas funcionalidades ao TikTok (Avishek Das/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)

O TikTok caminha para ser a maior rede social do planeta. Mas, pasme, ele não é propriamente uma “rede social”… Pois a ideia não é interagir com outros usuários, mas sim consumir conteúdos rápidos e, via de regra, rir ou dançar. Nada contra, nada a favor. Mas Vejamos:

O TikTok está destruindo as redes sociais simplesmente porque incentiva e propaga o conteúdo VIRAL, aquele que todo mundo vai compartilhar na “zoeira”, em detrimento do conteúdo “passional” que era o do orkut (finado), facebook, instagram (até 2018) e de blogs como este que você está lendo.

O Facebook, agora, correndo atrás de usuários, privilegia os Reels e os Stories (bem menos sociais e comentáveis). Até mesmo o LinkedIn e o Twitter (que agoniza nesta presente data), passando por Youtube, estão se rendendo à “tiktokização”.

Mas claro que o Instagram é o caso mais sério! Ele está tentando, aos poucos, se transformar em um tipo de TIKTOK (fake). Desde que Adam Mosseri (CEO) anunciou algumas mudanças na plataforma, ficou evidente a preocupação em “entreter” ao invés de conservar um espaço de produção de conteúdo mais profundo.

Isto tem um impacto relevante na produção de conteúdo do terapeuta holístico (e em qualquer outro nicho) e devemos nos atentar, em nossa opinião, a dois largos caminhos possíveis:

Como o Instagram nasceu e cresceu sendo uma rede passiva, de conteúdo aspiracional e autoral, simples de usar e que não cobrava aparecer num vídeo, podemos supor que as pessoas que consumiam este conteúdo continuam lá. Portanto, o primeiro caminho é pensar que ainda podemos produzir conteúdos mais estáticos, com menos dinamismo e mais informação e teremos (ou teríamos) uma audiência que, embora restrita, ainda engaje e se envolva, se encararmos este tipo de produção como um oasis em meio a dancinhas e vídeos engraçados e passageiros. Mas aí vem o problema:

O Algoritmo: gerente supremo do tráfego que pode, simplesmente, tornar quase invisível um conteúdo anacrônico e destoante.

Assim, como não podemos ignorar esses movimentos monstruosos das tecnologias que simplesmente “engolem” aqueles que caminham na contramão, o segundo caminho pode ser “seguir o fluxo” apenas para não morrer e produzir algum conteúdo “tiktok” (rápido, em vídeo, dinâmico, engraçado, etc etc etc) que seja “topo de funil” para que as pessoas sigam para outro lugar (um blog, um canal no youtube, seu site, etc) e então você possa se comunicar com ela (de verdade).

Neurocientista explica como dancinha no TikTok pode ajudar o cérebro |  Metrópoles
Dancinhas no Tiktok são quase obrigatórias para viralizar…

Podemos já considerar que o impacto da orientação “tiktoker” nas redes sociais é irreversível (ao menos por hora) e afeta diretamente os terapeutas holísticos que tentam sobreviver na rede, uma vez que o algoritmo potencializa esses conteúdos virais e não aqueles que, mesmo tendo qualidade e sendo relevantes para nosso nicho, não são de entretenimento rápido e potencialmente explosivos. A ideia é que se a sua “tia” não se animar em compartilhar aquilo no grupo do zap da família, não é potencialmente viral e os algoritmos das novas redes “sociais” não terão tanto interesse em abrir a porteira. Sorte da sua tia e azar o nosso…

Bem, quem sabe o leitor veja outras saídas para além dos dois caminhos que sugerimos, de repente uma mistura de ambos mas, se há algo certo, é que as redes sociais estão entrando num inverno e devemos discutir isto.

Por hora, temos aqui uma constatação e demorar para entender este cenário pode fazer qualquer um de nós acabar falando às paredes na internet.

Woolly Rhinoceros – Jornal Joca

Mas, quiçá seja apenas algum tipo de “era do gelo” e em algum momento vai renascer a internet como nós a conhecemos há muitos… ops, quer dizer, há alguns poucos anos atrás!

A Máscara do Bem Estar

Rogério Temporim

 Quando fui acometido de depressão há mais ou menos 20 anos atrás, e um ansiolítico reestabeleceu meu equilíbrio orgânico, fiquei a pensar em como os renascentistas ou gregos resolveriam isto, se não tinham ainda a sertralina ou a imipramina, nem cloridrato algum… Ficava pensando no quando deveriam sofrer e eu mesmo sofri por eles ao pensar nisso… Sofri por Sócrates e a sicuta, por Galileu e sua luneta, até por Dom Quixote…

Mas então  Jean-Yves Leloup me fez crer em algo: que os sofrimentos psíquicos modernos nasceram quase todos juntos com a mesma modernidade… e hoje acredito nisto inteiramente.

 A vida cotidiana no mundo interligado nos fez acreditar que a razão deveria explicar a tudo. O transcendente, o espiritual, seria apenas acessório de um ser humano capaz de, com paradigmas matemáticos e precisos, dominar a máquina do mundo e de sua própria natureza. Mas não é assim que acontece de madrugada, após o dia “útil”, no recolhimento solitário.

   Ao primeiro acontecimento extra-capital (um falecimento em família, um exaurir de forças frente a rotina extressante, uma intriga entre amigas por um motivo de amigas) somos, então, confinados em sentimentos que nos obrigamos a espremer para dentro do ser, já que o normal é o  “equilíbrio”. Temos de trabalhar, receber clientes, jantar com a família do companheiro(a), ficar na fila do mercado, e por aí vai…

   Estes sofrimentos são então empurrados escada abaixo para os porões da consciência; Ah! Mas ganham autonomia daqui a  pouco, retornam como monstros pelas mesmas escadas e ficam a esmurrar violentamente a porta. Como temos a máscara da normalidade e o racionalismo como visitas constante na sala da consciência, nossa preocupação com a portinhola deste porão trás por resultado depressão e pânico.

Apesar do uso populesco do termo “inconsciente”, há uma distância do seus significados leigo e psicanalítico (tecnico).

   Um complexo inconsciente, moldado a partir da repressão numa operação do tipo o que eu quero x o que eu devo, pode agir autônomo como um verdadeiro “ente” e, em situações específicas, detonar os sintomas psíquicos de patologia, como o pânico. Quando ocorre a situação extrema( a mangueira já estourou…), o antidepressivo é quase inevitável, mas se não verificarmos onde está o prego que furou a mangueira, tudo certamente voltará como este mesmo sintoma, ou ficará guardado, vazando por outras áreas da vida.

   O racionalismo do dia-a-dia não é capaz de cobrir todo o espectro das emoções. Se não nos dedicarmos a admitir o que sentimos e achamos, contrariando o que nos “é deixado” sentir e achar, iremos criar esses monstros turvos em nossa alma, de nossa inteira prole e responsabilidade.

  Espiritualistas ou não, importante considerar que a porta para o desencadeamento de tudo isto está em nossas escolhas, em encarar ou esconder, entre a mentira e a verdade, dentro de nós mesmo.

Rogério Temporim

Psicanalista e Esotérico

A Parte da Fortuna – Astrologia

Roda da Fortuna nas casas e signos – veja o significado

Por Rogério Temporim

“Parte da Fortuna” é o que parece: falamos de posses, dinheiro, recursos.

A Parte da Fortuna é um ponto abstrato no céu que conseguimos a partir da soma do grau Ascendente com o grau da Lua, isso menos o grau do Sol… Ufa!

Poxa! Tenho que calcular isso? Não não, fique tranquila/o, os programas/sites fazem isso e mostram o ponto na sua mandala astrológica.

Partes Árabes - Parte da Fortuna
Símbolo da Parte da Fortuna

A Parte da Fortuna indica a casa (área da vida) em que você encontrará realização pessoal, desde que mobilize suas energias e dedicação.

Assim, esse ponto te orienta a fazer as escolhas para que sua vida seja próspera e, sim, pra isso você precisa de sucesso no que faz. Priorizando o que realmente importa, você conseguirá viver em abundância.

A Parte da Fortuna nas casas astrológicas mostra em qual área da vida você terá mais facilidade para alcançar o sucesso. Já o signo onde ela está indica como deve agir para conquistar esse sucesso.

E você, sabia da existência da parte da fortuna? Quer saber onde está sua parte da fortuna? Então… Saber onde está pode ser até fácil, mas entender, é outra história! Textos prontos dificilmente darão conta de explicar pra você o que sua PARTE DA FORTUNA, bem como os outros elementos do mapa realmente impactam em sua vida.

Mas não fique triste. Você pode acessar o ASTRODIENST e fazer análises gratuitas. Tem vários vídeos explicando como mexer no site. Logo logo, você consegue entender seu próprio mapa 😉

Vai dar PT… Não FAÇA!

Shorts por Rogério Temporim

Tem uma parada que a gente já sabe que funciona assim:
Quem procura… ACHA!

… mas o nosso INSTINTO ANIMAL dá a volta na racionalidade e METE a gente sempre NESSAS FURADAS… 🙄… Veja, é simples:

✔️ Se você sabe que aquilo vai dar em confusão, NÃO FAÇA!

✔️ Se você sabe que aquele post Vai soar como indireta, NÃO POSTE ( A não ser que você queira de fato Alimentar a Covardia de não dizer o que você quer para as pessoas)…

✔️Se aquele trecho da sua mensagem no WhatsApp pode causar algum problema, REESCREVA!

O que eu tô te falando aqui só tem uma intenção, única, de: NÃO FAÇA aquilo que vai te trazer DESGASTE, DISCUSSÕES, ENERGIAS PESADAS, etc. 🤔

A SABEDORIA passa pelo treino em silenciar, mesmo quando seu FÍGADO está gritando ou alguma CONFUSÃOZINHA 🤛

ENTENDER é Preciso

Pra entender.. Voce tem que ENTENDER (Oi !?)

É ISSO MESMO!
.
Muitas vezes a gente quer entender as coisas sem se dar ao trabalho árduo de colocar tudo na mesa de forma organizada, verificando todas as razões envolvidas em uma dada situação. Resumindo, QUERERMOS ENTENDER O TODO sem de fato compreender as PARTES.

Que maravilhoso seria o mundo se o esforço em compreender o outro fosse um exercício permanente… Podemos arriscar dizer que todos os PROBLEMAS MAIS AGUDOS da humanidade nasceram em algum tipo de INCOMPREENSÃO.

A sabedoria já aponta que o SILÊNCIO toma lugar na fala daqueles que já ascenderam a algum tipo de evolução. Às vezes é no silêncio que nasce a compreensão e a simpatia Entre todos.

Pratique o ATO de MEDITAR profundamente sobre os problemas mais complexos. Questões imbricadas necessitam de esforço para serem destruídas.

TEMPO e ENTENDIMENTO são grandezas que crescem proporcionalmente 🤔

Quais são os seus PIORES PENSAMENTOS ?

Short por Rogério Temporim

Se eu te perguntar: Quais são os seus PIORES PENSAMENTOS (?) Você estaria pronto para responder? Acha que poderia refletir algum tempo e depois chegar a uma lista…?

Vamos adiantar que, certamente, há dificuldades nesta tarefa e a pior delas é ser verdadeiro neste processo.

O grande problema: quem vai se adiantar para responder será o seu CONSCIENTE, sempre pronto a criar a melhor imagem possível de você… Para você mesmo!

Ou seja, não estamos assim tão prontos para lidar com nossas sombras, com aquilo que nos faz ver a gente como não GOSTARÍAMOS e não gostamos de ser. A verdade é que o consciente tenta nos adequar ao mundo, enquanto os nossos piores pensamentos ficam à solta no subterrâneo de nossa mente.

Mas CONTROLAR vem depois de CONHECER. Você já parou para observar o que você pensa nos momentos de angústia, tristeza e raiva?

Honestamente, quais são as pessoas e situações que ficam vagando na sua mente quando você não está bem? Quais os REAIS DESEJOS que brotam, muito embora você pode ficar falando GRATIDÃO e NAMASTE o dia todo…?

Desçamos desse SALTO ALTO de pessoas evoluídas, goodvibes, e vamos lá confrontar O QUE REALMENTE SOMOS . Apenas admitindo aquilo que de fato estamos sentindo é que PODEREMOS EVOLUIR.

Podemos criar uma imagem, que pode enganar o outro e a nós mesmos, mas apenas por algum tempo… E ele acaba!

astrologia #reflexões #reflexão #tarot #tarotonline #taroterapeutico #astros #sabedoriacosmica #institutosabedoriacosmica #autoconhecimento

Veja esta postagem em Nosso Instagram:

https://www.instagram.com/p/CRtvCkLnNZL/?utm_source=ig_web_copy_link